O que vai encontrar por aqui...

Mens sana in corpore sano: nesta categoria vocês vão acompanhar como faço para manter a forma. Reeducação alimentar, receitas saudáveis, exercícios físicos, e coisas do gênero.
Tudo em ordem
: aqui vou falar, principalmente, sobre organização. É uma pedra enorme no meu sapato que eu vou buscando minimizar com o tempo. Vou pesquisar e contar como ter uma rotina de atividades, usar agenda, métodos de organização, listas e mais listas...
Lar, doce lar
: Aqui estarão posts sobre decoração, jardinagem, pets, enfim, cama, mesa e banho!
Criativa Craft
: Apesar da péssima coordenação motora, às vezes me atrevo a fazer alguma arte manual. Papéis e feltros comandam a seção. O que for dando certo posto por aqui...rsrs.
Espelho, espelho meu
: a categoria mulherzinha do blog. Sei que eu sou minoria nesse caso mas, ando pecando muito nesse quesito. Então, tudo o que eu aprender e fizer sobre beleza, moda, cosméticos, procedimentos estéticos e coisas do gênero, estarão aqui.
Coffee-break
: aqui é o espaço do relax e do social. Daquele momento de espairecer a cabeça e se desligar dos compromissos. Vamos falar de festas e eventos em geral (casamentos, aniversários, baby-chá, etc.), assim como falar sobre filmes e peças teatrais que me encantam, além daquelas viagens que nos reenergizam.
No mundo da lua
: aqui é algo mais pessoal. Pensamentos e devaneios que passam por essa cachola aqui...rsrs. Poemas e reflexões autorais (quando dá na telha) e de artistas que admiro.

4 de março de 2015

Vamos Ler?



Sempre gostei de ler. Não sei se já veio do meu íntimo ou foi hábito criado, mas o que importa é o quão bem isso me fez. A primeira lembrança que tenho da prática da leitura devo ao meu dentista. Como assimmmm??? Não, não foram as horas de espera pra ser atendida...rsrs. Desde cedo, quando troquei meus dentes de leite pelos definitivos, faltou espaço pra tanto dente. Ou melhor, pra dente grande. Um dente definitivo meu preenchia o espaço de dois de leite. Aí, a confusão começou e ficou um por cima do outro, ou um ficou de "ladinho", coisa bonita de se ver. Só que não...kkkk. A única saída era usar aparelho ortodôntico. Na época, e também devido a minha idade, tive que usar o aparelho móvel. Ficava tipo uma dentadura de ferro. E, com isso, a língua estranhou aquele trambolho e minha fala ficou toda arrastada. Aí, o médico recomendou que eu fizesse bastante leitura em voz alta, até a língua se adaptar. Acho que ficar tagarelando direto também resolveria, mas não era o meu tipo e acho que ninguém teria paciência de ficar me ouvindo direto. Então, minha mãe fez uma assinatura das revistas da Turma da Mônica (te adoro Maurício de Sousa...bjo, bjo!!) e lá comecei minhas leituras diárias. Adorava!!!! Cheguei a ter mais de 300 revistinhas.

Essas não são as minhas.
 Fonte:http://empfniteroi.blogspot.com.br/2012/07/cantinho-da-leitura.html
Daí, peguei os gosto pela coisa. Na escola, também tinham aquelas leituras obrigatórias. A maioria era realmente chata, na época, - qual aprendiz de adolescente gosta de ler Vidas Secas? Deixando bem claro que não estou desmerecendo essa grande obra prima, confesso que não li até hoje (acho que traumatizei...rs), mas tá na minha lista ;) - entretanto tiveram muitos que me agradaram. Contos, de Machado de Assis; Contos de Imaginação e Mistério, de Edgar Allan Poe; A Ilha Perdida, de Maria José Dupré; A Maldição do Tesouro do Faraó, de Sérsi Bardari; Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente; Sonhos de Uma Noite de Verão, de Shakespeare; Iracema, de José de Alencar, continuam nas minhas mais singelas memórias.

A Maldicao do Tesouro do FaraoLivro A Ilha Perdida Maria José Dupr´ Editora Atica Livro Us Ahh, Série Vagalume, saudades!!!!!!


E assim se sucedeu minha vida literária. Contudo, não coloquei muitos livros na bagagem. Fiquei mais nas leituras curtas e informativas das revistas. Tive assinatura de várias ao longo da vida. Desde aquelas que vinham horóscopos semanais até as científicas. De arquitetura, decoração, beleza, sustentabilidade, financeira, etc. Sou bem eclética, por sinal. Até em classificados de jornal era vidrada. Acho que é a minha parte preferida...kkkkk. Ah, também me amarro ler outdoors e placas de lojas. Melhor ficar calada com essas minhas manias....rsrsrs.

Apesar disso, tenho bastante livros na estante. Quantidade de livro é meio relativo de se mensurar (já que pra um bibliófilo eu não tenho praticamente nada), mas pra minha casa que tem apenas dois cômodos e que quase não paro para ler os que tenho, é uma grande quantidade. Boa parte é didática, da época que fiz faculdade de biologia. 

Pois bem, então resolvi dar mais uma chance aos livros. De papel e digitais. E achei legal fazer um controle disso, e tentar ler, ao menos, um livro por mês. Como não consigo focar num único livro por vez, vou colocar como meta 12 livros ao ano. E vou postando no facebook com a hastag #leiturasdacris2015 os que tiver lendo, ok! Os que merecerem uma resenha, posto aqui no blog.

Espero que curtam e se tiverem alguma sugestão, é só me contar! Bjo, bjo.





30 de dezembro de 2014

Por que não continuar, por que continuar, porque não continuar...continuei-o o



Hello peoples queridos,

2014 foi um ano muito reflexivo (vou entrar em maiores detalhes num outro post) e, fazendo uma faxina de fim de ano, pensei seriamente em fechar oficialmente o blog. Ando questionando muito a questão de expor minhas opiniões e atitudes aos outros. Como ponto positivo tem a possibilidade de ajudar aos outros, assim como muitos blogs me ajudam, mas ao mesmo tempo penso que já existem tantos blogs de especialistas, porque o meu, que sou aprendiz, seria enriquecedor? 

Outro ponto é o medo de me expor demais e acabar ouvindo (no caso lendo) o que não quero. Afinal, como muitos dizem, "se a pessoa torna pública sua vida tem que aguentar o que as pessoas dizem". É verdade e não é. O fato de expor nossas ideias nos faz mais propensos a receber críticas sim, agora não significa que temos a obrigação de aceitar opiniões grosseiras de pessoas que se dizem "francas". Dê sua opinião, mas com educação e respeito.

Então, quando entrei no blog para bater o martelo, reli os poucos posts que já postei. E gostei de ler o que estava escrito. Eu seguiria essa pessoa, sabe...rsrsrs. Vi que era muito melhor do que imaginava. Não melhor para os outros, mas melhor pra mim. O coração fica inquieto quando a mente pensa na possibilidade de fechá-lo. Então, vou ficando...se vou postar mais que antes ou não vou deixar o tempo e o coração se encarregarem disso. Acho que eles são sábios. Que 2015 traga muitas oportunidades e boas surpresas!!!!!!

Beijos cheios de saudade.

19 de abril de 2014

Como enganar a vontade de comer


Fome ou vontade de comer? Sabe a diferença entre elas? Saber identificá-las e como lidar com isso é o ponto chave para iniciar seu emagrecimento saudável.
Fonte: http://saboridades.net/2012/11/07/os-sabotadores-de-uma-dieta/

A primeira coisa que temos que colocar em mente é: só precisamos comer aquilo que o corpo precisa para suprir nossa necessidade diária de energia. E o corpo nos avisa o momento para isso, emitindo o sinal de FOME!! Quando sentimos o estômago se remexendo e até gritando (o famoso ronco...rsrsrs) normalmente é hora de comer sim. Claro que, se comermos em média de três em três horas, não precisamos chegar à esse ponto. Manter uma rotina alimentar ajuda muito no processo de emagrecimento.

Sabe quando temos aquela sensação de que temos que colocar alguma coisa na boca e não sabemos o quê? Ou, muito pelo contrário, a "fome" que estamos sentindo só pode ser aplacada com aquele pedaço mais gordo de pizza? Normalmente isso é VONTADE DE COMER!! Aí,quando bater essa sensação, espere mais um pouco. Tome água, em pequenas quantidades, e veja até quando essa tática consegue "enganar" seu cérebro. Muitas vezes, confundimos fome com sede e acabamos comendo quando ainda não é o momento certo. Manter a boca ocupada, mas sem ser com comida, ajuda a enganar a vontade de comer. No início do meu processo de emagrecimento, mascar chicletes zero açúcar me ajudaram muito. Também adotei o consumo de amêndoas, nozes, castanhas e passas. É um jeito saudável e funcional de matar a vontade de comer BESTEIRA.

Aí, se depois de tudo isso, você sentir que o buraco no seu estômago tá aumentando cada vez mais, aí pode pular em cima daquela saladinha com frango grelhado que é fome mesmo!!!!! (Pensou que ia mandar se jogar no fast food né...nananinanão). Mas é possível comer saudável e gostoso e vou mostrar pra vocês em outros posts.

Comece a praticar esses exercícios constantemente e verá que ter consciência do que se está comendo é a porta de entrada para você chegar na sua tão sonhada meta!! #felizcomseucorpo

DIGA ASSIM:

Beijinho no ombro, não pro recalque e sim porque temos que beijar quem amamos...rsrs.



3 de março de 2014

Criativa Craft: nova categoria

Oi pessoal,

fazendo alguns reajustes por aqui e aproveito para falar sobre a mais nova categoria do blog: Criativa Craft!!

É o nome de um blog que criei especificamente para as tentativas de artesanato que faço de vez em quando, mas como não tô tendo tempo de atualizá-los adequadamente, vou postando tudo só no bloguito aqui. Afinal, ele é como coração de mãe né, sempre cabe mais um!!!! Espero que aproveitem e conheçam mais essa faceta minha.

E, se quiserem ver os posts que coloquei lá, é só darem uma olhada no Criativa Craft!!!

Bjos e até mais.


20 de novembro de 2013

Cheguei à manutenção!!!




Após 3 meses aqui estou eu novamente. As palavras me andam escassas ultimamente. Bem, mas apareço sempre que der. De julho para cá, dei um maior foco no meu processo de emagrecimento. Enfim, esse mês consegui chegar à minha meta. Consegui eliminar 10kg!!!!!!! Foi bem lento, mas o importante é que o objetivo foi alcançado. E, nessa caminhada, aprendi muito. E continuo aprendendo. Quando fazemos reeducação alimentar (R.A. para os mais íntimos...rsrs) a saúde começa a ser o pilar central. O emagrecimento vira uma consequência.

Você começa a observar e avaliar cada coisa que põe na boca, começa a ler o rótulo inteiro dos produtos e aparecem muitas dúvidas. A tecnologia está aí para nos bombardearmos de informações. A preocupação é conseguir absorver o que realmente faz bem pra a saúde. Eu costumo dar preferências para blogs e sites de nutricionistas e/ou educadores físicos, ou de pessoas que emagreceram sem dietas milagrosas e que sempre embasam seus posts com opiniões de profissionais da área. Mesmo assim, aparecem informações conflitantes. Já comecei a comprar livros na área de nutrição e, aos poucos, vou montando a minha opinião sobre o assunto. E, claro, vou virando a "cobaia" dos meus próprios experimentos culinários...rs.

A reeducação alimentar não é uma dieta, é uma mudança de hábitos, é um estilo de vida. E estou gostando desse novo estilo. Quero deixar claro que deixar hábitos ruins não acontece do dia para a noite, temos de estar sempre vigilantes. Esse mês, por exemplo, por entrar na zona de conforto de chegar na meta, abusei bastante das gordices. Acontece que já não sou mais a mesma e a consciência pesa bem mais quando temos conhecimento das tentações às quais nos rendemos.

A vantagem é que sabemos como voltar ao eixo e cabe somente a nós mesmos não nos desviarmos do caminho novamente. Estou bem onde cheguei e não vou regredir. Vou buscar me organizar (outro assunto que falarei mais tarde) e mostrar pra vocês como foi e como continua sendo essa busca eterna e prazerosa pela vida saudável!!!!

Bjim 

18 de agosto de 2013

Projeto Fitsisters

Olá gente bonita!!!!

Enfim dei as caras novamente por aqui! É que, ando por um momento tão transformador em minha vida, que preciso de um tempo para poder organizar tudo. Mas, vou aparecendo aqui e ali para dar um olá.

Muitas coisas estão acontecendo comigo e não vou conseguir colocar num único post, então vamos por partes. A bola da vez é sobre meu corpo.

Em junho, estava conversando com minha irmã sobre nossa insatisfação corporal. Ela sempre teve tendencia a ser gordinha e já passou por vários efeitos sanfona. Agora, com uma filhinha de 18 meses, ela resolveu virar o jogo e eu, também incomodada com umas gorduras localizadas que a idade insiste em realçar, também entrei na onda. Sabe quando dá aquele estalo na gente? Foi o que aconteceu conosco. Mais do que uma mudança no corpo, sentimos vontade de mudar a mente.

Então resolvemos iniciar um projeto de emagrecimento para cada uma acompanhar e apoiar a outra a chegar no seu objetivo. Chamamos de Projeto FITSISTERS. Cada uma, do seu jeito, está conseguindo ir adiante e acho que está valendo a pena. Então, em breve, vou contando como está sendo minha rotina e, colocar os avanços da minha irmã também. O legal é que vão reparar que não existe uma receita de bolo para ter o corpo em forma. Tudo depende de ir conhecendo o próprio metabolismo, ter uma alimentação saudável, fazer exercícios regulares, e muita determinação. Percebi que a chave do sucesso é o HÁBITO. Quando a gente consegue chegar nessa fase, tudo fica mais fácil. E estamos buscando chegar lá!!!!

Não é um caminho perfeito, temos erros e acertos, momentos de empolgação e desânimo, mas o que não temos, agora, é o sentimento de desistência. Como diz o ditado: DEVAGAR SE VAI AO LONGE!!!!

Se quiserem, podem vir nessa caminhada com a gente.

Até mais.

Irmãs Kerry and Krista Knee usam luvas de boxe rosadas
UM DIA A GENTE CHEGA LÁ...RSRSRS
Imagem: http://www.abril.com.br/noticias/comportamento/flirty-girls-nova-moda-fitness-feminino-411869.shtml

3 de maio de 2013

Offline, mas não tanto.

http://ktliterary.com/2010/02/going-offline/

Mais um começo de mês e um mini-balanço aparece na mente. O que rendeu no mês anterior, que metas consegui alcançar...enfim. Estou com muita coisa em mente, muitos caminhos a seguir, mas preciso organizar as ideias. E estava avaliando que um dos pontos negativos para que eu alcance o resultado imaginado por mim seria o excesso de informações que consumo todo dia na internet. No final, acabo pegando muitas inspirações por dia e não consigo colocar nada em prática. Com certeza, tem muito mais gente que fica mais tempo na internet do que eu e consegue conciliar as coisas na sua vida. Eu não estou conseguindo, sinto que o tempo que gasto nela suga um pouco (muito) minhas energias.

E aí me aparece (diga-se, na internet) um artigo de um escritor que fez um desafio de ficar UM ANO sem usar internet, justamente por achar que ela estava lhe fazendo improdutivo. Com as palavras dele: "Pensei que faltava sentido ali. Pensei que estava ‘corrompendo minha alma’." No final, ao contrário do que ele supunha, a culpa não era toda da internet, é algo mais profundo do seu interior. Leia o artigo aqui.

Bem, estava quase fazendo algo parecido com o escritor (não um ano, né...rs), mas depois de ler o artigo, resolvi adaptar. Primeiro, irei fazer uma desintoxicação virtual. Semana que vem, vou realmente ficar offline, para definir cada coisa no seu lugar. Só vou acessar meu e-mail institucional porque não posso interferir no meu emprego. Na outra semana, estarei de férias, então terei mais tempo durante o dia para me organizar e acessarei apenas duas vezes na semana, para manter meus blogs atualizados e organizar minhas nuvens.

Na terceira semana, farei uma avaliação das semanas anteriores e, dependendo do caso, aumentarei para três vezes na semana, com limite de tempo estipulado. Com o passar do tempo, se conseguir usar a internet de forma produtiva, talvez eu volte a usar todos os dias, porém com controle constante de horário.

De qualquer forma, o blog não será abandonado, muito pelo contrário. Acho que ele será muito beneficiado com esse "desafio". Vou conseguir me dedicar a criar posts e só usar a internet no momento de postá-los, ocasião em que também usarei para responder aos comentários.

Bem, por enquanto, estamos conversados.

3 de abril de 2013

Procrastinação nível: nas alturas!!!

http://tmblr.co/Z0VmovWfu0KW
" Clínica para terapia de procrastinação
Médico: Sr. Swanson, nossa sessão terminou há 15 minutos, você pode sair?...
Paciente: Eu sei, apenas me dê um minuto!"

Tô só esperando na fila a minha vez para ser atendida...kkkkk. É gente, praticamente 3 meses se passaram e só agora dei as caras novamente.  E não é por falta de ideias ou coisas pra contar. Não adianta pedir desculpas, prometer que vou fazer o possível pra não acontecer de novo (quando a gente fala que vai fazer o possível já é porque, no fundo, a gente acredita que não vai cumprir), porque tô vendo que é algo mais profundo. De vez em quando paro pra analisar a minha vida e alguns estalos aparecem.

Lendo alguns artigos pela net, me enxerguei em várias situações que estão me incomodando na vida e são citadas como sintomas de procrastinação crônica. Até em TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade) alguns sintomas são comuns, mas tenho quase certeza que não é o meu caso. E para evitar auto-diagnósticos errados, acho que vou procurar ajuda especializada. Creio que seja algo leve, que não precise de medicamento controlado ou coisa parecida, mas um acompanhamento técnico é bem vindo, pra nortear meu caminho e evitar que essa bola de neve cresça e vire algo realmente perigoso e nocivo. Vou marcar uma consulta assim que a procrastinação baixar guarda...rsrsrs

De qualquer forma, não quero abandonar esse cantinho e, sempre que posso, apesar de não ser com a frequencia que gostaria, aparecerei por aqui contando alguma novidade.

Bjs.



8 de janeiro de 2013

Resoluções fluindo!

Estou com a corda toda com a minha resolução de ano novo!!!. O comichão da RENOVAÇÃO está no meu corpo e minha mente. E o bloguito aqui é o primeiro a sentir a diferença. Estou buscando torná-lo mais amigável (com o mínimo de conhecimento que tenho com o mundo do sistema de redes) e, para isso, tô dividindo os posts em categorias.
São as seguintes:

  • Mens sana in corpore sano: nesta categoria vocês vão encontrar toda a minha batalha para manter a forma. Reeducação alimentar, receitas saudáveis, exercícios físicos, e coisas do gênero. Vou fazer um histórico com fotos do meu corpo e da balança para monitorar e avaliar meu avanço.
  • Tudo em ordem: aqui vou falar, principalmente, sobre organização. É uma pedra enorme no meu sapato que eu vou tirar esse ano! Vou pesquisar e contar como ter uma rotina de atividades, usar agenda, métodos de organização, listas e mais listas...
  • Lar, doce lar: depois do casório, vou dar uma atenção especial à minha casinha ("inha" literalmente...rs). Aqui estarão meus posts sobre decoração, jardinagem, pets, enfim, cama, mesa e banho!
  • Espelho, espelho meu: a categoria mulherzinha do blog. Sei que eu sou minoria nesse caso mas, ando pecando muito nesse quesito. Então, tudo o que eu aprender e fizer sobre beleza, moda, cosméticos, procedimentos estéticos e coisas do gênero, estarão aqui.
  • Coffee-break: aqui é o espaço do relax e do social. Daquele momento de espairecer a cabeça e se desligar dos compromissos. Vamos falar de festas e eventos em geral (casamentos, aniversários, baby-chá, etc.), assim como falar sobre filmes e peças teatrais que me encantam, além daquelas viagens que nos reenergizam.
  • No mundo da lua: aqui é algo mais pessoal. Pensamentos e devaneios que passam por essa cachola aqui...rsrs. Poemas e reflexões autorais (quando dá na telha) e de artistas que admiro.
E, por último, mas não menos importante:

  • Projetos de vida: são projetos que, diferente de manter a forma ou me manter organizada (que é rotineiro e pra vida inteira), por exemplo, terão começo, meio e fim ou algo que seja bem específico. Nesse ano de 2013 quero dar início à 3 projetos:
- Conhece-te a ti mesmo: quero resgatar a minha história através da construção da árvore genealógica da família. Para isso vou ter que montar formulários, fazer entrevistas com parentes mais antigos e talvez até pesquisa em cartórios. É um trabalho hercúleo, eu sei, mas estou bem animada com isso.
- Imortalizando: meu marido adora tirar fotos. Temos muitas ao longo desses sete anos juntos (incluindo o período do namoro). Então vamos montar álbuns com os momentos mais marcantes de cada ano. É uma espécie de biografia em imagens. Já pensou podermos relembrar daqui a 50 anos tudo o que passamos juntos? Vai ser o máximo!
- De texto e alma: quero aumentar minha quantidade de leitura. Vejo bastante revistas, mas livro realmente são poucos (e não é por falta de aquisição!). Então vou aproveitar para fazer resenhas dos livros que eu ler. Se alguém tiver boas sugestões de leitura, pode passar!

Ai, estou tão contente! Só de me organizar um pouco mais, já estou com mil idéias pipocando pra contar. Agora vou programar o horário semanal para que eu me dedique constantemente a este bloguinho querido.

Bem, desculpem o tamanho, mas era necessário esmiuçar tudinho. Ainda vou ajustar, aos poucos, as coisas por aqui. O importante é que eu dei o pontapé inicial.

Beijos cheios de saudade.

7 de janeiro de 2013

Palavra de 2013: Renovação

Procurando esses dias por dicas de organização e afins, descobri o blog 6mesespramudar, das irmãs Paula e Taís. Nele, li sobre as resoluções de ano novo e como temos dificuldade de segui-las. Já dei minha opinião a respeito disso em post anterior e achei interessante as dicas que elas descobriram e estão seguindo. É o chamado ritual da palavra, em que você escolhe uma palavra que vai nortear sua vida no ano.
Eu escolhi a palavra RENOVAÇÃO.  É assim que me encontro no momento. Apesar dos baixos que sempre temos ao longo da vida, gostei muito de 2012. Tive muitas coisas novas ano passado e ainda tem muita coisa engatilhada pra seguir. Não quero apagar tudo que não aconteceu ano passado, pelo contrário, quero torná-los concreto em 2013, então acho que é a palavra que mais se encaixa.
Quer saber mais sobre a palavra do ano? Dê uma olhada aqui e aqui.

Bjs!

http://www.frasescurtas.com.br/2012/06/fe-deus-renovacao-espiritual.html